Ter rabo grande é sinal de boa saúde, diz estudo

Queixa-se de ter um rabo demasiado grande?

Para além de haver quem goste, ter gordura gluteofemural ou ter um traseiro grande, é sinal de boa saúde. É o que diz um estudo norte-americano, divulgado pelo International Journal of Obesity.

rat

Durante as investigações, Konstantinos Manolopoulos e a sua equipa, concluíram, que o tecido adiposo ou a pele que envolve a respectiva zona do corpo, possui características protectoras que se associam a um menor risco metabólico e cardiovascular.

A regulação diferencial da libertação e absorção de ácidos gordos do corpo ao nível das células adiposas, é determinante para a saúde, e, resulta, a longo prazo, no armazenamento de ácidos na zona abdominal e na protecção contra a acumulação de gordura ectópica.

O tecido adiposo é mais passivo do que o armazenamento de gordura da zona abdominal e capaz de transmitir um poder protector ao resto do corpo.